segunda-feira, fevereiro 01, 2010

As coisas que me passam pela cabeça, quando corro..!


Hoje, corri em Monsanto. Para melhor os introduzir no ambiente, junto duas fotos que tirei lá. E também o som da minha respiração:
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
Junto às instalações do “Espaço Monsanto”, acontece uma coisa muuuuuuito ecológica:
!…Txxxxxxxxxxxxxxxx…
!…Txxxxxxxxxxxxxxxx…
!…Txxxxxxxxxxxxxxxx…
!…Txxxxxxxxxxxxxxxx…

A carreira de tiro do vizinho clube de tiro aos pratos está virada para aqui, de maneira que os , são os tiros e cada Txxxxxxxxxxx é o barulho dos respectivos chumbinhos a bater na folhagem e a cair até ao chão… bucólico, né?

Se eles soubessem como aquele soa tão parecido com os tiros dos canhangulos dos “Turras”, e se sentissem o que, ainda hoje, sinto quando ouço cada , de certeza que desistiam desse desporto! (vejam um pouco, aqui):
Lembrei-me então que o nosso Manuel Alegre é fã do tiro aos pratos, li, não me lembra onde, que até vai lá ao clube fazer a sua perninha…
Agora, parece que se vai candidatar a Presidente da República, enfim, temos actualmente um boneco de pau de direita, ele vai ser o boneco de pau de esquerda… Não vai resolver nenhum dos problemas do povo português.

Não que não me mereça simpatia. Lembra-me, bem miúdo, de o ouvir na rádio, nas noites de Verão do campismo, na “Voz de Argel” e como toda a minha família se empolgava com as suas palavras arrebatadoras.
E os seus versos alentaram-me a revolta social pela adolescência e juventude fora… Fez isso e já é muito, estou-lhe grato. Mas agora, não me agrada muito vê-lo nessa figura de boneco de pau. Por isso, me ocorre fazer-lhe um pedido.

... Um pedido inócuo e inofensivo, simples, que ele será capaz de atender, dando um pouco de vida ao boneco de pau que vai ser.
Nem lhe peço que faça transferir o clube desse local, seria já tarefa demasiada para um boneco de pau idoso. Não; pedia-lhe apenas que divulgasse, junto dos fãs desse desporto, a prática do tiro com arco e flecha. Quem sabe se, lentamente, eles se silenciassem e aderissem em massa a esse desporto milenar, que alia instinto, golpe de vista e concentração, dum modo perfeitamente ecológico, calmo e, até, mais elegante…
Estou agora a lembrar-me que isso até iria ligar o Manuel Alegre ao Robin dos Bosques, associação perfeitamente justa, adequada e necessária nos tempos que correm!
Pois é, as coisas que me passam pela cabeça quando corro… Então, o Sócrates & Companhia, esses Xerifes de Notingham, iam deixar???? Ná…
Deixa lá Manuel, não ligues, fica lá no papel de boneco de pau, já não tens idade para essas atitudes e vai fazendo mais uns poemas…!

E bem podes fazer umas caminhadas por este belo parque - atenta nas fotos que tirei, neste dia...
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
HHHHHHHHHHA!
…As coisas que me passam pela cabeça quando corro…!

Enviar um comentário