sábado, dezembro 06, 2008

Leitura Em Diagonal


Pois é, os textos do meu blog são lidos em diagonal… Isto, depreendo eu de certos comentários, aqui no blog ou de amigos que comentam em directo!... Vários confessam mesmo: “li assim em diagonal” - fazendo um trejeito como se a desculparem-se…


Mas não faz mal, afinal é mesmo assim que na NET, se lê a maior parte do que pesquisamos, a informação é tanta que não poderia ser de outra maneira. É assim também que muitas vezes leio os blogs que visito…

E recebi críticas de que o meu blog é massudo, os textos são muito compridos, têm poucas ilustrações, vídeos, animações…

Mas para mim, isto começou por ser um arquivo dos meus escritos e agora é um diário de reflexões. Não escrevo para deliciar os leitores, para ganhar audiências. Eu escrevo para mim! Lendo-me depois, consigo reflectir melhor sobre o que pensei, e analisar melhor o que escrevi.

Mais tarde, descobri que aparece gente a ler e a criticar. E que essas críticas são, dum modo geral, muito úteis e fazem avançar as minhas reflexões. Refiro-me, claro, às críticas contestantes, questionando. Essas críticas às minhas opiniões têm-me ajudado a esclarecê-las, ajustá-las, aperfeiçoa-las, corrigi-las e, até, a abandona-las. Em qualquer dos casos, ajudaram-me a maturar e evoluir. Portanto, descobri que quero ter esses leitores interventivos e contestatários. E, concerteza os outros, também.

As críticas elogiosas e corroborativas são simpáticas, sabem bem, mas pouco me ajudam nos raciocínios, são agradáveis porque me enchem o ego, mas mais nada, apenas sublinham o efeito “Feira das Vaidades”, conforme senti desde o momento da fundação do blog, dando-lhe esse título (vejam o primeiro texto que aqui coloquei, já lá vão dois anos!)...

Portanto, o meu blog vai continuar assim, e os leitores, talvez a maioria, a continuar a lê-lo em diagonal. O que não deixa de ser bom…!

E para animar o blog, lá pus um desenho de minha autoria à cabeça…

Enviar um comentário