quinta-feira, janeiro 11, 2007

Honni Soit Qui Mal Y Pense!

Esta malta do Fórum é lixada…!!

Publiquei o meu Post anterior no Forum de omundodacorrida.com , na esperança de que me ajudassem, mas levaram o caso para a malandrice!

Agora, em vez de me ajudarem a encontrar a bifa, criam charadas, evocam o ZéZé Camarinha… Tou bem arranjado!

Pois será que só a mim acontece eu fundir-me com o mundo quando corro? Lembram-se do texto sobre a “Corrida Mística”? Tudo o que me envolve, torna-se-me próximo, familiar, amigo, faz parte de mim e eu fico um autêntico hippie…!

Nada de malandrice, pois quem encontrei na corrida é meu amigo, ainda que o não saiba, e só achei que tinha piada fazer o contacto sem qualquer das ínvias e impuras intenções que esses malandros do Zen e da Ana me querem, sub-repticiamente, atribuir!

PCGC? Sim, conforme foi sendo estruturado o conceito, desde os pré-históricos tempos do fórum do atletas.net (acho que ainda lá está tudo, no tópico “Procuro Companheira que Goste de Correr). Mas nessa altura eu estava a chegar ao Fórum e à corrida, ainda não conhecia ninguém. Felizmente, agora, tenho amigos e amigas suficientes na corrida para poder treinar acompanhado em Monsanto, na Apostiça, na Machada, enfim, não preciso Procurar CGC, preciso é de PNSP (Procurar Não Ser Preguiçoso)…!

E quanto ao atrofiamento das portuguesas, já foi maior, acho, e ele deve-se aos maridos e namorados atrofiados, que têm medo que lhes roubem a mulher! Não? Então, onde estão as companheiras desses galifões, que nunca as trazem nem para uma caminhadazinha (enfie a carapuça quem quiser)?

Nisso, os ingleses são menos complexados, daí a maior participação da mulher inglesa nas corridas. Portuguesas? Sim, também me cruzei com elas, algumas são minhas amigas e já tenho o prazer do seu convívio nas corridas cá da casa, não preciso de as procurar – Mas ainda são raras excepções e não têm namorado do tipo…atrofiado!

Tem algum mal querer conhecer a inglesa? Acho que não, a corrida também é convívio, sem malandrice, além da amizade, da comunhão com a Natureza e com o ambiente urbano. E vejam só as compensações que esta minha investigação já me deu: Descobri, pesquisando no Google, um relato duma corrida no Estado de Montana, EUA, onde a Carla participou e de onde retirei uma pista que me vai dar a ela.

O texto é interessantíssimo, feito por um corredor espantoso, de 70 anos, Bob Dolphin, que vai fazer este ano … A sua 400ª maratona! Logo que esteja pronta a tradução desse relato, publicarei no meu Blog e talvez aqui também, se o pessoal estiver interessado. Entretanto, conheçam o Bob aqui:

http://www.marathonguide.com/feature...ns_Dolphin.cfm

Abraço a todos

Enviar um comentário